Um 【Episódio】 Mágico: ACCA 8

[HorribleSubs] ACCA - 13-ku Kansatsu-ka - 08 [720p].mkv_snapshot_19.34_[2017.03.03_13.56.52]

Ou como as cores são importantes.

Jogo rápido: “Um【X】Mágico” será uma nova sessão aqui no Chá com a Bruxa ou eu comento algum pedaço de alguma obra que eu achar que mereça uma postagem própria. Esse “X” ser qualquer coisa: um episódio, um capítulo, uma rota, um arco, o que for. Só não vai ser exatamente uma resenha completa, e sim uma análise desse pedaço específico. ACCA por sorte teve um episódio muito bom umas semanas atrás para fazer essa ideia acontecer, então vamos aproveitar.

Quando pensamos em animes em animes mais “adultos”, geralmente nos vem na cabeça aquele visual mais cinza, pé no chão. Afinal, em teoria, não dá para levar personagens com cabelos arco-íris à sério. Geralmente, lógico, porque isso não tem impedido ACCA de adotar um colorido mais vivo do que você esperaria de uma séria sobre conspirações governamentais. E considerando que o outro foco do anime é comida, então funciona bem.

[HorribleSubs] ACCA - 13-ku Kansatsu-ka - 01 [720p].mkv_snapshot_01.19_[2017.01.15_23.37.19]

Dirigido por Shingo Natsume, ACCA pode não ter uma animação tão impressionante quando o ultimo trabalho do diretor, One Punch Man, mas ainda assim, é agradável aos olhos. Isso graças ao grande senso artístico da equipe envolvida, com destaque ao Estúdio Pablo, responsável pela arte dos cenários. E claro que nesse bom trabalho visual, estamos falando também das cores.

[HorribleSubs] ACCA - 13-ku Kansatsu-ka - 01 [720p].mkv_snapshot_02.13_[2017.01.15_23.40.26]

Já na abertura podemos como a anime pode conseguir um efeito forte com uso o estilizado e mais minimalista da coloração (afinal, vocês conseguem imaginar ela funcionando do mesmo jeito se todos os personagens seguissem a paleta padrão do anime? Mas ela merece um texto próprio, outra hora). Dentro de todos os episódios até agora, o oitavo foi outra chance da série poder brincar com o colorido, e isso resultou no que foi sem muitas dúvidas, o pico do anime em termos visuais. Acrescentando o conteúdo dele em termos de história (um flashback dedicado ao best boy e de grande peso para a trama), temos o que o foi o meu favorito do anime com poucas chances de ser superado.

É importante ressaltar que o que faz o trabalho de arte funcionar tão bem não é simplesmente uma estilização por puro estilo, existem propósitos narrativos. Fazer a paleta de cores fugir do padrão, primeiro, já ajuda à distinguir que estamos vendo uma passagem de tempo que não se passa no presente, mesmo sem conhecer o contexto do situação. Esse esforço por si só já seria interessante, mas ACCA vai além por tentar fazer as cores sempre acompanharem o local e teor das cenas ao longo do episódio.

Começando com as cenas com a princesa em Dowa, lar da família real, até o momento de sua fuga para Badon. Se primeiro tínhamos um cenário tomado completamente por azul, aos poucos, conforme a sequência avança, tons mais mornos vão aparecendo e o branco. Os tons azulados então, podem refletir justamente os laços dela com a realeza, e vão ficando menos fortes conforme ela os abandona.

O que reforça essa ideia também como tons de azul são usados em momentos que o pai de Nino está fazendo atividades relacionadas ao seus deveres com a realeza.  O momento em que ele revela as fotas da princesa está tomado por tons frios, e em outro, ele mesmo está envolto numa sombra azulada enquanto o próprio Nino é colorido em tons mais quentes.

Assim como no caso das cenas da princesa, temos uma evolução gradual conforme vai se soltando do laços do serviço real. A vida em Badon passa à ser menos um dever e mais simplesmente o novo estilo de vida de Nino e seu pai. Conforme o tempo, inclusive é sugerido que eles parem de chamar a princesa de jeito, bem como Jean de príncipe. Com isso, os tons mais mornos com vermelho e larajanja tomando a casa em que os dois vivem, refletem a sensação confortável de um ambiente familiar.

Quando Nino começa à observar a família real, temos novamente mais tons de azul e outro tipo de transição, dessa vez para o amarelo, que não poderia estar ligado à ninguém mais que o Jean. Da parte em que ele observa a família real de longe até o contato de fato com Jean no colégio, vão aparecendo mais e mais detalhes em amarelo. De maneira parecida com o exemplo anterior, isso pode indicar o quanto Nino deixa de pensar naquilo como apenas um trabalho e vai ganhando um envolvimento mais pessoal com Jean.

Importante destacar também entre essas cenas, as com Abbend está presente. Elas estão marcadas à parte do resto por terem um tom de marrom mais neutro. Tanto a cena em que ele está falando com o Nino e seu pai quanto a que eles estão comendo a torta (sob sua permissão) tem essa mesma escolha de cores (ainda que o cenário mantenha alguns tons que remetem à vida familiar, nesse ultimo caso).

Por ultimo mas não menos importante: ausência de cor no momento em que Nino vê a notícia do acidente, até o que ele recupera a câmera do pai. Esse talvez seja o momento em que essa troca toda seja mais efetiva por é uma mudança brusca do cenário mais alegre para o Nino fazendo aquela cara sob um fundo negro. Dá para saber de imediato que algo ruim aconteceu sem nenhuma explicação em si, uma imagem fala mil palavras. O desfecho trágico então, fecha o flashback. Com a volta ao presente, as cores voltam ao normal.

Acho bom deixar claro outros motivos para gostar tanto desse episódio de ACCA: ele de ser redondinho, é uma história que apesar de simples deixa uma impressão forte. Por mais que eu considere ACCA uma trama interessante, é um pouco difícil se ligar à seus personagens emocionalmente, e foi justo nisso que aqui acertou. Lógico que passado triste é algo manjado, mas no caso de Nino, apesar do desfecho, não deixou exatamente esta impressão: foi um relato de vida com bons e maus momentos. E é isso que faz o recurso do flashback funcionar e fazer dele o seu personagem favorito. Fora que, esclarece boa parte do que está acontecendo e tudo mais.

Enfim, ACCA é bacana, mas se você está lendo isso, já deve saber. Agora, se você leu isso sem ver o anime, caramba, isso é análise do episódio oito, não vem reclamar de spoiler comigo.

[HorribleSubs] ACCA - 13-ku Kansatsu-ka - 08 [720p].mkv_snapshot_17.31_[2017.03.03_13.54.08]

Anúncios

Um pensamento sobre “Um 【Episódio】 Mágico: ACCA 8

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s